Perfumando

  • Oba! Resultado do Sorteio do Viva La Juicy

    Oba! Resultado do Sorteio do Viva La Juicy
  • Resenha – Perfume J’adore (Dior)

    Resenha – Perfume J’adore (Dior)
  • Resenha – Perfume Black XS for Her (Paco Rabanne)

    Resenha – Perfume Black XS for Her (Paco Rabanne)
  • Sorteio Perfume VIVA LA JUICY (Juicy Couture)

    Sorteio Perfume VIVA LA JUICY (Juicy Couture)

Chega de dieta! 4 segredos de como perder peso sem sofrer

Chega de dieta! 4 segredos de como perder peso sem sofrer

Se você está lendo esse post, provavelmente já deve ter tentado algumas dietas sem muito sucesso. Pode até ser que tenha perdido alguns quilinhos, mas infelizmente não conseguiu manter o novo peso por muito tempo.

Eu demorei muito tempo para perceber que o grande problema está na forma como definimos o que é emagrecer. Estamos sempre falando de rigidez e privações. E é aí que mora o perigo! Mas a partir de agora, você vai aprender que a jornada para o emagrecimento não requer privações ou sofrimento. Muito pelo contrário! Você só vai encontrar seu equilíbrio se estiver feliz em todo o processo.

Preparado para começar a mudar a sua vida? A partir de agora, você vai aprender 4 segredos para emagrecer de forma rápida e fácil, porém 100% segura!

1. Não coma seus sentimentos

Você acabou de almoçar e, de repente, lá está você comendo alguma coisa de novo. Será que era fome mesmo? Sinto lhe dizer que não e eu acho que você já sabe disso!

Mas então por que comemos mesmo quando não estamos com fome? Eu vou te explicar de uma maneira bem simples. A comida é o combustível do nosso corpo. É ela que nos fornece energia e mantém nosso organismo funcionando. A fome nada mais é do que o organismo reclamando que o nível de combustível já está reduzido. Então se você não está com fome, racionalmente seu corpo não precisa de mais comida.

O grande problema é que nem sempre agimos de forma racional. Nossas emoções influenciam muito em nossas escolhas, principalmente quando não estão em harmonia. Para algumas pessoas, mesmo que de forma inconsciente, é a comida que supre os sentimentos que estão desequilibrados.

Antes de atacar a dispensa, pergunte-se: Será que é fome mesmo ou é apenas ansiedade, estresse, fadiga, tédio ou tristeza? Pare, respire e seja sincero com você! Você precisa estar consciente dos seus sentimentos para que não aja de forma impulsiva. A comida pode até abafar sentimentos ruins por um momento, mas ela não é a solução. Muito pelo contrário: geralmente ela intensifica ainda mais esses sentimentos indesejáveis e pode te trazer o sentimento de culpa.

2. Escolha uma alimentação compatível com você

Você sabe por que as dietas da moda não funcionam? Porque elas são contraditórias ao seus gostos e estilo de vida. Por exemplo, imagine que você comece a fazer uma dieta em que tenha que consumir uma grande quantidade de ovo e restringir o arroz. Só que você é apaixonada por arroz e dificilmente consegue encontrar ovo para comer nos restaurantes em que você geralmente frequenta. Não vai ser surpresa para ninguém você abandonar a dieta em um curto espaço de tempo.

Eu demorei muito tempo para perceber que todas as dietas que eu tinha experimentado não eram ideais para mim. Eu me comprometia a segui-las até atingir o meu limite. E aí eu simplesmente me descontrolava: comia de tudo a todo instante, numa tentativa de satisfazer meus desejos até começar uma nova dieta.

Você não precisa de uma dieta ou regime, com prazos de validade. Você precisa de uma reeducação alimentar que seja compatível com você. Não é preciso excluir alimentos, mas sim saber organizar e optar por substituições inteligentes.

Você ama comer doce? Então não se prive disso! Inclua uma porção do seu doce preferido em sua alimentação, por exemplo, uma vez por semana. Você gosta de comer várias vezes ao longo do dia? Então coma! Basta que você adapte as porções vai comer em cada refeição. Assim, não importa se são 3, 5 ou 7 refeições ao longo do dia, porque todas elas no final totalizam a mesma quantidade de alimentos ingeridos. Você tem o costume de comer em restaurante? Então analise os alimentos que geralmente são oferecidos nesses locais e planeje uma alimentação com base neles.

Coloque na sua cabeça que você só vai conseguir emagrecer definitivamente se a sua alimentação combinar com você. Se você começar uma alimentação que te traga sensação de sacrifício, complicação ou até fome, fuja dela! Você precisa fazer com que ela seja equilibrada, consciente, mas acima de tudo, que seja mais um momento de prazer do seu dia.

3. Tenha o seu momento de lazer

Já reparou que quando você está se divertindo, parece que a hora voa? Você está tão entretido, que sequer tem tempo de parar para comer ou até mesmo de sentir fome.

Eu sei que nossos dias estão cada vez mais corridos, mas é muito importante que você não abra mão dos seus momentos de lazer. Eles também contribuem – e muito – para que seu corpo e mente fiquem bem. Quando você está feliz, você está em paz consigo mesmo. E essa é uma das chaves de ouro para o emagrecimento saudável e definitivo.

Não há motivos para a comida ser o seu vício, porque você não precisa abafar algo que te afeta e te faz mal. Ela passa a desempenhar apenas a sua principal função: te fornecer energia. Então não importa se você está com a dispensa e geladeira abastecidas. Você não vai sentir uma necessidade compulsiva de sair comendo tudo o que está na sua frente.

Portanto, seja qual for o seu hobby, trate de inclui-lo no seu cotidiano com mais frequência. Você só vai lucrar com isso!

4. Cuide de sua saúde

Você faz exames regularmente? Eu sei que muitas pessoas têm preguiça de fazer um check-up da saúde, mas pode ser que esses exames detectem algo que ocultamente está te atrapalhando a emagrecer.

Hipertireoidismo, anemia, escassez de vitaminas e minerais, hipoglicemia, intolerância a determinados alimentos, intoxicação de metais pesados no organismo. Todos eles influenciam no aumento de peso por conta de uma deficiência no seu organismo, impedindo o seu bom funcionamento.

Não deixe de procurar um médico ou nutricionista. Converse com eles sobre os mais diversos sintomas que você tem atualmente, desde uma queda de cabelo à uma dor intestinal. Para nós podem parecer coisas bobas, mas na realidade são fortes indicativos de que há algo de errado em nosso organismo.

Ao identificarem o que está em desequilíbrio no seu corpo através dos resultados de exames específicos, esses especialistas serão capazes de te indicar o tratamento correto. Em pouco você vai notar a diferença em suas medidas corporais.

0

Seguir:
Camila Reis

Prazer, Camila Reis! 30 anos, carioca, administradora, taurina, apaixonada por viagem, perfumaria e assuntos de beleza. Uma mulher que mais parece uma menina com seu jeito leve e delicado de ser.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *