Algumas pessoas me enviaram emails pedindo que eu falasse quais perfumes pretendo usar no inverno. Mas dessa vez eu decidi ir um pouco além. Como eu sei que nem todo mundo tem o mesmo gosto que eu, que tal tentar agradar os diferentes estilos dos meus leitores e fazer uma nova série aqui no blog?

Então os primeiros felizardos serão os mais jovens. Claro que minhas dicas se aplicam a outras idades, mas minhas escolhas foram mais direcionadas para agradar esse público. Então vamos lá!

Criei três categorias. O coringa é aquele perfume que cai muito bem em qualquer momento do dia; é ideal para aqueles dias em que você emenda uma saída depois dos estudos. Já o eventos é mais focado nas festas ou saídas vespertinas/noturnas com os amigos. Por último, o va va vum é aquele perfume mais explosivo, perfeito para fechar com chave de ouro seu visual caprichado.

Se você é daquelas formiguinhas…

Curinga: Viva La Juicy (Juicy Couture). Levemente adocicado, bem frutado e com um fundo de caramelo delicioso. Uma fragrância bem alegre e feminina!  (Notas de tangerina, cassis, madressilva, gardênia, jasmim, praliné, âmbar, caramelo, baunilha e sândalo)

Eventos: Miss Dior (Dior). Um perfume que realmente me remete o jeito parisiense de ser. Consegue ser clássico, mas com característica jovial. Transborda delicadeza. (Notas de bergamota da Calabria, rosa de Grasse, pimenta rosa e jacarandá).

Va va vum: Prada Candy (Prada). Como já comentei na resenha dele, “amendoins com açúcar recém torrados, bem quentinhos, cobertos com muito caramelo”. Um perfume que brinca com o lado menina e mulher. (Notas de resina de benjoim, almíscar branco e caramelo)

Se prefere um estilo mais exótico…

Curinga: Burberry London (Burberry). Ele não chega a ser exótico, mas é um floral muito aconchegante regado em tangerina (mas diria que é mais a casca dela). Discreto, mas intrigante! (Notas de rosa, madressilva, jasmim, peônia, tangerina, sândalo, almíscar e patchouli)

Eventos: Ma Dame (Jean Paul Gaultier). Não se enganem… Ele pode ser um EDT, mas tem um rastro e fixação de dar inveja em muitos EDP.  Uma composição de rosas mais “sombrias” graças ao toque do almíscar, além de uma deliciosa mistura de laranja e xarope para dar aquele toque mais docinho. Um aroma bem exótico, que provoca pela sua originalidade. (Notas de laranja, buquet de rosas, granadine, almíscar e cedro)

Va va vum: Gucci Guilty (Gucci). Seja o EDT ou EDP, uma coisa eu garanto: você não passará despercebida. Um oriental que esbanja sensualidade por sua nota “caliente” de pimenta e pelo pêssego. (Notas de  tangerina, pimenta, pêssego, lilás, patchouli e âmbar)