resenha_review_acqua_di_gioia_armani

Lançado em 2010, Acqua di Gioia foi inspirado nas férias de verão de Giorgio Armani nas ilhas de Antígua e de Pantelária. Opção perfeita para o especial de verão do blog

Composto por notas de menta, açúcar mascavo, limão da Calábria, jasmim, peônia, ládano, pimenta rosa e cedro, Acqua di Gioia possui como proposta um aroma fresco, aquático e memorável. Tão memorável que na premiação do Fifi Awards (= Oscar dos perfumes) foi finalista na categoria Fragrância de Luxo Feminina do Ano em 2011 e ganhadora da categoria Linha do Ano de Corpo e Banho agora em 2012.

A fragrância é uma deliciosa montanha russa. A abertura é um pouquinho açucarada, mas longe de ser enjoativa. O legal é que não é uma sensação “melada”, porque o aroma do açúcar é misturado à pimenta rosa. Diria que a primeira impressão é de pedras de açúcar se dissolvendo em um banho de água rosada. Depois de alguns instantes o lado mais cítrico da fragrância começa a surgir por conta da aparição da nota de limão da Calábria. E novamente, o legal é que o cítrico também não é exageradamente cítrico. Junto à nota de limão está a nota de menta, que dá uma amenizada na acidez e completa o teor refrescante da fruta, dando um toque mais feminino. Mas esse “refrescante” está longe de ser aquela sensação de “acabei de sair do banho”, de frescor.  Acho que está mais para aquele toque alegre e brincalhão de um suco bem gelado de abacaxi com hortelã.  Já depois de algumas horas a nota de cedro começa a se destacar e a de limão a amenizar, o que traz uma sensação bem gostosa de “pós-chuva de verão” (mas devo confessar que notas de cedro e de bambu geralmente me trazem essa sensação).

Ahh só para curiosidade, assim que senti a nota de limão se destacando lembrei imediatamente do Nina (Nina Ricci). Não diria que eles são perfumes gêmeos ou similares. De certa forma acho que por conta dessa nota em comum (o limão da Calábria) os estilos acabam se parecendo um pouco, mas enquanto o Nina possui um lado mais gourmand, principalmente por conta do praliné, o Acqua está mais para um aquático com um fundo levemente açucarado. E se alguém está doido para perguntar qual dos dois é menos adocicado e mais refrescante, minha resposta é o Acqua di Gioia.

Uma ótima opção para dias e noites quentes, sejam elas casuais ou mais no estilo Happy Hour. Super indicado para adolescentes por conta da suavidade e alegria das notas.



Só para não causar confusão – já que as marcas têm uma facilidade enorme em realizar reformulações – Acqua di Gioia é realmente um lançamento recente e não tem relação com o perfume Acqua di Gió. São apenas nomes parecidos com composições bem diferentes!

O Acqua di Gioia está disponível apenas na versão Eau de Parfum (EDP), nos tamanhos de 30, 50 e 100ml. A média de preço do frasco de 30ml é de R$184,00.