jo_malone_english_oak_redcurrant

Como é bom entrar em uma loja sem distinções do que é masculino, feminino ou unissex. Mesmo que sejamos abertos à diferentes propostas, nosso subconsciente nos prega muitas peças de vez em quando e nos faz descartar possibilidades que dariam em um belo casamento. E é assim que enxergo a filosofia da Jo Malone: um layout bem clean (desde a decoração de suas lojas às fragrâncias), com frascos padronizados (sim, todos são do mesmo formato e variam apenas em transparente ou preto), que permitem aos nossos sentidos formarem opiniões não tendenciosas ou manipuladas.

E foi assim que encontrei o English Oak & Redcurrant: experimentando aleatoriamente. Nos primeiros minutos a fragrância apresentava toques cítricos, que me lembraram bastante o grapefruit (acabei de descobrir que, na verdade, é tangerina verde). Mas não é aquele cítrico alegre, remetendo ao verão, que geralmente sentimos em outras fragrâncias. Ele apresenta seriedade, graças ao fundo seco proporcionado pela nota amadeirada do carvalho. Em pouco tempo, as pétalas de rosa vão desabrochando, trazendo ao aroma um lado mais sensual e acolhedor. Friso que são pétalas de rosa, e não apenas rosa, pois além da doçura, conseguimos sentir aquele aroma característico que todas as flores carregam em suas pétalas. Juntamente com o almíscar, trazem uma pitadinha atalcada. Enquanto isso, o destaque cítrico é ofuscado e acompanhamos uma groselha bem tímida tentar se enturmar.

Encontrei no English Oak & Redcurrant um momento de paz, onde parece que sou confortada e abraçada a todo instante. Uma bela fragrância para os dias/noites de outono.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *