Acredito que as pessoas que leram o post dos meus perfumes favoritos (ou assistiram ao vídeo) devem se perguntar porque até agora não fiz uma resenha do meu queridinho Insolence. Sinceramente? Ciúmes! Hahaha, sei que parece estranho, mas para mim não é nem um pouco. Ele é muito mais do que um perfume para mim… é minha preciosidade!

Mas é claro que essa minha vontade de escondê-lo das pessoas, de não falar de seus encantos, não pode me impedir eternamente de falar um pouco mais sobre ele. Afinal, ele está aí no mercado e é queridinho de muita gente (apesar de lá no fundo eu imaginar que ele foi feito sob medida para mim… hahaha, sonho meu!).

Ahh, antes de eu possivelmente fazer bagunça na cabeça de vocês, o Insolence que estou falando é na versão EDT. Acontece que nesse caso em particular as versões EDT e EDP têm sim diferença em seu aroma, apesar de constar nos sites que em ambas as versões a composição é a mesma. Bom, não sei como explicar esse fato, mas experimentei duas vezes na pele para constatar que eu ainda não estaou ficando maluca e que são bem diferentes!

Então vamos lá. Insolence (EDT) foi lançado em 2006, está na família dos florais frutais e tem como garota propaganda a atriz Hilary Swank (éé, aquela que ganhou o Oscar de melhor atriz em Meninos Não Choram e em Menina de Ouro). É composto por notas de frutas vermelhas (em especial a framboesa), flor de laranjeira, violeta, tonka beans, rosa, íris, tonka beans e resinas.

Estranharam que dessa vez eu não separei em notas de cabeça, coração e fundo?! Pois é, acontece que em cada site fala uma coisa e não acho justo colocar algo que realmente não tenho como confirmar… por isso, peço desculpas e fico devendo essa!

Sobre seu aroma, aviso que ele varia muito de pele para pele (mas no fundo a essência é a mesma). Na primeira borrifada, uma explosão de framboesa e um atalcado bem generoso. Mas calma, não é para ir se desesperando… isso acontece apenas por alguns segundos! Em seguida o aroma da framboesa se mistura com um delicioso coquetel de frutas vermelhas (mas ainda é a fruta em destaque) e o atalcado, que antes era o ator principal, agora é o coadjuvante, dando seu lugar para violetas muito alegres.

Muitas pessoas que conheceram o Insolence e não gostaram muito, alegaram que seu aroma é infantil: “cheiro de pirulito, suquinho, tutti frutti” e por aí vai. Mas sinceramente, não sei como não repararam em outros detalhes. Para quem se assustou com o fato de eu ter mencionado talco anteriormente, é exatamente essa característica que faz com que o perfume seja muito mais que um simples perfuminho para crianças. Diferente do papel que desempenha em muitas composições, no Insolence o atalcado tem um caráter sedutor; ele dá um toque “quente” no perfume. Por isso, a fragrância não fica insuportavelmente doce ou pueril. Ao contrário, ela é super feminina e tentadora.

Maior exemplo disso é cada experiência que tenho com esse perfume. Não vou mentir para vocês e falar que ele foi o único que me rendeu elogios/comentários, mas de todos foi realmente o que mais teve fãs! O que eu já tive de homem me parando na rua para saber o que eu estava usando não está no gibi (hahahah e não me desmerecendo, mas realmente não sou nenhuma deusa a ponto de estranhos me pararem por aí).  É uma atração sem explicação! Diria até que colocaram feromônios nele e esqueceram de avisar! =)

Mas não pensem que Insolence é daquelas fragrâncias forçadas, agressivas ou vulgares… não, nada disso. Ele não chega nem a ter uma imagem de femme fatale! O legal é que ele consegue ter esse poder atratativo exatamente por sua mistura de doçura e delicadeza com uma pitada mais caliente, sabe?!

Em relação à sua fixação, não consegui achar até agora um perfume que dure mais que ele (e olha que estamos falando de um Eau de Toilette, hein!!). Ele gruda na pele de uma tal maneira que não tem explicação! Acho que dizer que dura 24 horas é pouco! Inclusive, vale a pena ressaltar que com poucas borrifada já se consegue ter bastante de seu aroma.  Só para vocês terem uma idéia, meu último frasco de 100ml durou quase dois anos (e olha que eu usei/uso bastante!!)

E quais seriam as melhores situações para usá-lo? Olha, acho que o Insolence é até bastante versátil. Só não recomendaria para dias quentes, porque pode sim ser um tanto enjoativo para quem é sensível. Mas fora isso, use e abuse dele à vontade! Para quem quiser usá-lo pela manhã (o que não é impossível), minha dica é reduzir as borrifadas que geralmente daria para algum evento à noite!

Segredo revelado, espero que tenham gostado da resenha =)

Para quem se interessou no meu amado Insolence, ele está disponível nos tamanhos de 30,50 e 100ml. A versão EDT de 30ml custa, em média, R$200.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *